16/11/2019

º Forrobodó no galinheiro...º




Anos 90...

Itália, numa cidadezinha pequena...

Família de camponeses, cultivando olivas, frutas, fabricando vinhos e...como não podia faltar, chegam as principais personagens desse conto, as galinhas...
Porém os artistas de verdade, serão vistos mais adiante...

O casal de italianos conseguiu umas férias , numa época em que os trabalhos por lá eram menores.

O único que precisava ser feito diariamente, era o cuidado e tratamento das galinhas: alimentá-las e recolher os ovos, que eram muitos sempre.
Uma tarefa agradável e que, o genro e a filha, poderiam cumprir muito bem. Tudo acertado, iniciam as visitas aos galinheiros, os pollaios, por lá chamados...
O genro e a filha completamente sem jeito, se assustavam a cada entrada, com as investidas das galinhas sobre eles.

O rapaz, com "muiiiiiiiiiiiiiito" jeito e totalmente talhado para essa atividade, a cada investida, pegava uma vassoura, casacos, sapatos, o que lhe aparecesse às mãos e revidava... Era uma revoada de galinhas e uma zoeira por lá, que podia ser ouvida creio, até no centrinho da cidade...

Por pouco, vira atração por lá, 😊😊😊...

A cena se repetia e ninguém se acostumava. Ao final, apenas atiravam a comida e a filha conseguia recolher alguns dos ovos e se mandavam...
Ao regresso da viagem, o casal bem descansado, pergunta como tudo correu...
_Tudo tranquiiiiiiiilo, respondem, eles...

Entre outras coisas é dito que todos os ovos recolhidos estavam no local costumeiro.

Ao olhar a quantidade, os apenas chegados estranharam...
_O que houve? Tão poucos ovos em uma semana?

_Pois é! Quem sabe estranharam a falta de vocês!!!respondem...
A rotina volta ao normal e a cada dia os camponeses mais estranhavam o fato das galinhas não mais colocarem ovos.
Durou várias semanas essa situação...
As pobres galinhas estavam em alto grau de "stress"...
Porém, pouco tempo depois, o casalzinho, protagonista do caso, muda-se para a Inglaterra...

Precisavam morar numa cidade bem grande.

Ali , definitivamente, não era seu lugar!

Nenhum dos dois possuía o menor jeito e dom para as lides com galinhas...

Coincidência ou não, quando moraram numa cidade na Inglaterra, em seu pátio recebiam visitas adivinhem de qual animal???
-Raposas e essas são inimigas de quem???
-Das galinhas,rsrs...

Coisas que não se explicam, mas acontecem!!! E ainda hoje, passados vários anos, nos fazem lembrar e rir...

* (Republicação desse texto de 2010, em outro blog.)

** Quem seriam os artistas???

Loooooooooonge de mim citar nomes,rsrssr...né ,Gordinho e Anna???

*Esse blog volta dia 15 de dezembro.

Estamos em preparativos e esperando chegada do filho de tão longe!
E coincidentemente, ele é um dos protagonistas do forrobodó...
Felizes estamos!
Inté! bjs, chica

44 comentários:

  1. Kkk Gostei bastante :))

    Hoje -:-Sentimentos entrelaçados.

    Bjos
    Votos de um óptimo Sábado:))

    ResponderExcluir
  2. Eu também não tenho nenhum jeito com galinhas. Morro de medo delas. Lembro de uma situação que as galinhas atacaram meu irmão e até hoje, depois de adulto, ele tem medo delas.
    Bom final de semana!

    Até mais, Emerson Garcia

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rs...eu confesso também não ter!!! rs abraços, obrigado!

      Excluir
  3. Obrigado pelo comentário em meu blog. Estarei sempre presente por aqui agora.

    Até mais, Emerson Garcia

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  4. Que história gira! Boas férias com o filhote e restante família.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadão,Elvira! Agora dias de preparativos, pra depois curtir tudo! bjs,chica

      Excluir
  5. Bem interessante história. Gostei.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. rsssssss, que drama! Eu também não tenho jeito, aliás, nunca entrei num galinheiro, Chica!! Mas para tua surpresa, não faz muito que vi um documentário em que uma galinha era bicho de estimação de uma família, andava sota pela casa e tinha mais era hábitos de cachorro! Saía para passear com os donos! Vi porquinho, também, de estimação. A galinha dormia no quarto rssssssssssssssssssss.
    Beijo, felizes dias com o filho e família que chegarão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taís, também tive um vizinho que tinha uma galinha de estimação que dormis com ele...Quando foi em férias deixou aos meus cuidados. Os cachorros a mataram... E eu sofri até sequestro de uma cachorra por causa disso!rs..Cada uma! A dita cuja tinha nome e sobrenome... beijos, obrigadao!! chica

      Excluir
  7. Oi Chica, os bichos ficam ressentidos quando mudamos a rotina deles, os gatos são assim.
    Já tivemos galinhas, os ovos tem a gema com cor mais intensa.
    Boas férias e aproveite o momento com o filho e família, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade...Os bichos conhecem seus donos!11 beijos, tudo de bom,chica e obrigadão!

      Excluir
  8. Boa noite dominical, querida amiga Chica!
    Adoro ir para a roça e ver os galinheiros e as galinhas soltas como se fossem gente... não tenho medo.
    Só nunca participei de nenhum alvoroço, elas se comportam bem quando tem visitas, são educadinhas, rs...
    Seu conto real está bem engraçado.
    Fico daqui imaginando quem seráo os personagens, kkk.
    Tenha dias felizes!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não levo jeito pra essas atividades com elas,rs... Sempre deu confusão!rs Mas no caso ,foi o Gordo e Anna!rs... Obrigadão! bjs, chica

      Excluir
  9. Oi Chica,
    Me atolei nos seus blogs e vim cair nesse. Adorei essa confusão.
    Tadinhas das franguinhas ficaram a "ver navios".
    Bla!Bla!kkkk.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai9ndabem não atolaste nos estercos do galinheiro,rs... Obrigadão! bjs, chica

      Excluir
  10. Bem engraçada essa história,Chica! É real? Adoro esse seu blog! Sempre abro antes dos outros!

    Obrigada pelo comentário no meu post "Ofereço_te uma rosa". A rosa é para você também,claro!


    Beijos sabor carinho e uma noite de terça_feira de paz e alegrias

    Donetzka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É real mesmo,rs... Obrigadão pelo carinho! bjs, chica

      Excluir
  11. Olá querida Chica!
    Que delícia te ler!
    Um texto belo, bem humorado, verdadeiro!
    Abraços, com desejos de muita paz para você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisamos sempre de bom humor,né? As coisas fora estão tão complicadas,né? Vamos brincar! bjs, obrigadão! chica

      Excluir
  12. Eu tenho e adoro.... Isso já nasce com a pessoa. Mas fantástica história.
    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Great post.

    New Post - http://www.exclusivebeautydiary.com/2019/11/selfkaire-kairetool-cellulite-remover_20.html

    ResponderExcluir
  14. Rindo aqui com esta história gostosa! srsr
    A vida nos proporciona bons momentos e boas lembranças!

    Bons preparativos por aí minha querida!
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz bem rir,não é? Desop9ila,rs...bjs, chica e obrigadão!

      Excluir
  15. Linda e engraçada história de galinheiro.Não poderia ser diferente. Parabéns aos autores Bom ter reeditado aqui. Boa chegada do filho. Bjs querida

    ResponderExcluir
  16. hahaha...pobrezinhas das galinhas!! Os animais estranham também, não falam mas demonstram seu descontentamento. que sufoco para gentes e bichos!
    É hoje, hein, coração de mãe feliz como a galinha e seus pintinhos todos juntos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô aqui tri ansiosa...Quase chegando! Já está em DP! Aff coração !!! bjs, chica

      Excluir
  17. Uma história, que me fez sorrir... imaginando as pobres galinhas traumatizadas... :-))
    Uma pausa repleta de dias muito felizes, matando as saudades do filhote, são os meus votos, Chica!
    Um beijinho grande! Tudo de bom!
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadão! Logo mais, ele chega e estaremos juntos por 3 semans! bjs, chica

      Excluir
  18. Nossa... kkkkk dei "muuuuuuuuuuuita" risada!!!... kkkkkkkk
    Beijinhos com carinho!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsssssssss...Foi mesmo divertido! Obrigadão! bjs, chica

      Excluir
  19. Oi Chica! Comigo aconteceu uma história parecida... só não eram galinhas, eram codornas. Eu e Marilda estávamos precisando de uma folga e meu filho Toninho se ofereceu pra cuidar. Codorna é uma ave exigente, gosta de muita higiene, muito silêncio e água límpida. Fizemos as recomendações e partimos para nossa tão esperada folga no Recreio dos Bandeirantes. Ao voltarmos encontramos as codornas doentes e tivemos que sacrificar a maioria. Triste ideia de uma folga...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coitadas das codornas...Toninho não se deu bem na função de cuidador,rs...Valeu! bjs, obrigadão! chica

      Excluir
  20. É mesmo um forrobodó, a raposa não caçava as galinhas, percebi bem? :) Uma excelente semana!

    ResponderExcluir
  21. Bom dia minha amiga... Vim deixar o meu abraço e te agradecer pela visita ao meu Blog...

    Quanto a sua estória é surpreendente e gostosa de se lê... As galinhas personagens principais são fantástica... Parabéns... Um grande abraço de Luz 🌿🥀🌸😍🙏

    ResponderExcluir
  22. Há coincidências bem estranhas...
    Bom regresso para um dos "protagonistas"...
    Chica, um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  23. Faz tempo que não passava por cá... mas valeu para dar umas boas risadas 😁
    E como o Natal está à porta... boa chegada para o "protagonista" 😍
    Desejo uma semana feliz
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  24. Boa noite!
    Amiga querida, vim agradecer seu comentário lá no blog da amiga Rosélia. Fico feliz em saber que gostou da mensagem escolhida pala nossa amiga para postagem. Ela é surpreendente! Quanto a você amiga, um presente Divino.
    Tenha uma abençoada semana.Amei a história acontecido nos anos 90, Forrobodó no galinheiro! Demais! Bjuss

    ResponderExcluir