22/03/2021

ºNoite fria, pensamentos quentes... º

Foto  vi AQUI


Inverno...

As luzes do dia cada vez mais cedo se apagavam...

Das chaminés a fumaça de longe se podia ver.

Neve acumulada...
Nas casas, todos recolhidos, bem aquecidos e aconchegados...

Em cada daquelas janelas um quadro, uma vida, um problema, uma alegria...

Nenhum com o outro se envolvia.

Cada um ,ao seu modo, sua vida vivia...

E lá nas últimas casas daquela rua, apenas lá, luzes acesas...

Era casa da Frau Gertrud, que havia parido há pouco tempo...

Seu bebezinho à noite ,trocava pelo dia...

Ela, lá a embalar, a cantar para o filhinho finalmente ninar e a desejar que o bebê logo crescesse...

Logo o dia chegaria, as luzes das casas se acenderiam, a rotina novamente ali se instalaria.

Cansada, nem podia em pé se imaginar!

Enquanto assim pensava, vê luzes mais fortes ainda acesas...
Eram da casa de Frau Elisabeth...

Nessa hora ela lembrou: estava à espera do filho adolescente para casa, após a festa retornar...

Um pensamento então, a espinha lhe arrepiou...

Olhou novamente para o bebezinho, apertou-o bem junto ao peito, amassou, aconchegou...

- Não cresce depressa não, meu amoreco!

Prefiro a certeza de, como uma galinha, sob minhas asas, enquanto der, te manter!
Quando percebeu, ele ali sorrindo adormecera.

Parece ter sentido a paz no seu coração...

Colocou-o no berço e logo também ela adormeceu!

Que viesse o novo dia, que viesse nova mamada, saberia com paciência em cada fase com muito amor e carinho passar...

chica

15 comentários:

  1. Boa tarde Chica,
    Que bela e terna história de vida e sábios pensamentos.
    Não há dúvida que devemos desfrutar ao máximo enquanto os nossos filhotes são pequeninos, porque a idade passa e logo preocupações chegam!
    Enquanto dependem de nós parece que são mais nossos rssss e os podemos controlar ao nosso jeito de mãe galinha (eu ainda sou)rsssssss.
    Beijinhos e uma linda segunda feira.
    Ailime

    ResponderExcluir
  2. Que lindo!A vida de uma mãe nunca é fácil,desde a concepção.
    Mas é um prazer sem adjetivos adequados. É uma experiência marcada por altos e baixos,em cada fase a reafirmação do amor.
    Xeru

    ResponderExcluir
  3. Uma imagem bonita inspiradora para seu texto terno e de incentivo ao crer e saber viver cada ciclo. Não apressar o tempo e viver cada dia por vez, entender cada momento como próprio.
    Muito bom texto Chica.

    ResponderExcluir
  4. Bonita reflexão. Cada fase com os seus cuidados, curtições e preocupações. O ser humano é “apressado”, porém, é sábio desfrutar a vida devagarinho e com gratidão.
    Meu carinho

    ResponderExcluir
  5. Que lindo e cheio de ensinamentos. Cada casa, cada vida tem suas luzes e sombras e temos que lidar com isso, tudo ao seu tempo.
    Filho chorou muito qdo pequeno, por anos, tudo que pensava era: vai passar, nunca vi um ser humano chorar a vida inteira, então, passará. E passou.

    A imagem, antes de ler, me levou aos antigos cartões de natal...deu uma saudade daquela simplicidade aconchegante!

    ResponderExcluir
  6. Querida Chica, que foto linda para ilustrar um belo poema.Fez-me voltar às noites natalinas. Duas mães com seus filhos, diferentes,mas com os mesmos cuidados.Abastecidos no carinho e aconchego da mãe. As luzes das duas casas estão vigiando a noite dos que amam. Realmente, há uma fase para tudo, meus filhos choravam muito, e por muito tempo, mas passou, hoje são adultos e sinto saudades daquele tempo, não do choro rssssss
    Beijos, querida fique bem.

    ResponderExcluir
  7. Oi Chica minha mãe dizia que a melhor fase é quando os filhos são bebês, eu acredito, pois esperar alguém que sai a noite hoje em dia é uma tortura.
    Amei o post, com esse calor essa imagem fez bem.
    Beijos,Vi

    ResponderExcluir
  8. É o melhor tempo aquele em que são pequeninos. "Filhos criados trabalhos dobrados" diz o povo e com razão.
    Abraço e saúde

    ResponderExcluir
  9. Boa noite de paz, querida amiga Chica!
    Graças a Deus que meus filhos foram e são caseiros (somos). Nunca vivi o terror de uma mãe esperando filho de noitada. Não suportaria...
    Uma história linda com uma imagem restauradora. Amei o cenário.
    A gente não se lembra das noites insones pelos bebês a nos exigirem cuidados matriciais.
    Tenha dias aconchegantes por ai!
    Beijinhos carinhosos e fraternos
    💐🏡🙏🙌🕊️😘

    ResponderExcluir
  10. Bonito conto.
    Dentro de cada casa a sua história. E "só sabe do convento quem lá está dentro".

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Que belo conto, amiga Chica.
    E traz uma nota de esperança. Há que vencer todas
    as etapas da vida, passo a passo e com fé e amor
    no coração.
    Beijos
    Olinda

    ResponderExcluir
  12. Que bonito Chica. Às vezes me sinto assim, ansiosa para o tempo passar rápido e, ao mesmo tempo, tentando aproveitar o máximo do tempo presente.

    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
  13. Vacker text, men eftersom det ibland är så där mycket snö här - och värre var det när vi bodde i Stockholm - så gillar jag inte bilden! Sorry!!
    Tack så mycket för gratulationen på min blogg. Visst är 60 år en otroligt lång tid, men ingen av oss känner oss gamla! :-)
    KRAM/Susie

    ResponderExcluir
  14. Adorei o texto, Chica! A vida, mesmo nas fases mais caóticas, sempre nos reserva momentos e memórias, que valem por uma vida inteira!... Tudo faz parte!... Pelo que há que tirar o melhor partido, do que cada fase da vida, nos pode de melhor oferecer... senão corremos o risco... de termos sido felizes... e nem sequer ter dado por isso...
    Beijinhos! Continuação de uma boa semana, com saúde, e votos de uma Páscoa, o melhor possível!
    Ana

    ResponderExcluir
  15. Hoje foi uma benção todas as intenções apresentada a Jesus, obg meu Deus por mais uma vitória neste dia🙏🙏🙏🙏🙏👏👏👏👏



    ResponderExcluir