28/11/2018

  º O "golpe",rs... º





_Mãe, tudo bem contigo?

_Sim!

_Só tô ligando pra dizer que ele tá morrendo...


_Quem? QUEM???grita mãe.


Desesperada ela tenta ligar para o número da filha...

Ela atende.

_QUEM tá morrendo?

_Falta pouco!

_ O quê? COMO? QUEM? Fala, anda logo!

_O celular,mãe...


Se queres contato comigo, podes colocar créditos? Acabaram. Aí sim, poderemos fa..................

Pronto! Agora sim, morreu, pensa a mãe, tentando já colocar os créditos pela internet...

Afinal. como perder um contato desses ?rs...

* Imagem daqui








8 comentários:

  1. Rsrsrs. Uma boa maneira de "cravar" a mãe.
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Muito boa! Cheguei a rir e neta veio correndinho na memória!Abração a vocês!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia:- Aplaudo a inteligência em falar de "morte".
    .
    * Amor servido em copo de carinho *
    .
    Deixando cumprimentos

    ResponderExcluir
  4. Chica,

    Adorei, tão atual e com o humor nosso de cada dia...rss

    Aproveitar para lhe dá meus votos de feliz aniversário
    atrasado, percebi que você fez aniversário ontem?...
    Que tenha sido um dia especial para você junto com
    os seus familiares.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  5. Como não colocar os créditos depois deste pedido tão diferente?...
    Um abraço.
    Élys.

    ResponderExcluir
  6. Ahahahahha! Baita susto!!! :-D
    Mãe tem de ter um coração de ferro, para aguentar tanta emoção... de um telemóvel ficar sem bateria!...
    Tem uma amiga nossa que "obriga" os filhos e netos, a andarem pelo menos com dois telemóveis, e às vezes 3, por causa de situações assim... e eu penso, em como tive uma juventude, bem despreocupada... em que ainda não ligava muito a estas tecnologias... e mesmo incontactáveis... o mundo não acaba!... mas quem se lembra disso?...
    Adorei o post! Beijinhos! Feliz semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde Chica,
    Que susto!
    Mãe sofre e com seu coração gigante está sempre pronta para acudir mesmo nas desgraças.
    Um diálogo com muita graça mas bem atual.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir