15/02/2018

  º Conservas? º



Tantas  vezes nas nossas vidas utilizamos potes de conservas.

Há muito tempo não as faço...Mas tenho belas lembranças de as ver fazer...

Eram escolhidas as frutas ou os vegetais para serem preparados para nos vidros descansar até ficarem no ponto...E esse ponto era bem esperado..

Os pepinos lembro bem, não poderiam ficar muito temperados ou fortes.  Os pêssegos e figos, nem deixávamos  o tempo certo até de esfriar...

Fico pensando neles e a comparação com nossas vidas...
Não nos podemos conservar em potes...Estamos livres!

Não podemos pretender que em contato com o "ar" a cada dia, não soframos nas peles os efeitos das várias poluições...

Importa, no entanto, saber conservar não a "casca", mas o de bom que tivermos nas lembranças e em nossos recheios...

Assim, mesmo fora de vidros, estaremos bem e poderemos dizer que valeu a pena nos guardarmos  e  estarmos por aqui!




06/02/2018

  º O trabalho... º

Nesses últimos meses, me vi muito interessado em economia. Não sei o motivo, só sei que o interesse veio de forma muito natural.

Comecei a pesquisar sobre alguns assuntos na internet e no começo deste ano comprei alguns livros. Entre eles, "A riqueza das nações", de Adam Smith, pai do capitalismo moderno.

Na primeira frase do livro, o autor declara que o trabalho é a forma com a qual as nações suprem as suas necessidades conforme o modo de viver. Tudo é feito a partir do trabalho. Sem ele, nada se cria, nada se desenvolve, nada acontece.

Eu concordo totalmente com a afirmação da obra. O trabalho é o que move o mundo. Dependemos de inúmeras profissões para viver, algumas que nem sabemos que existem. A sociedade se adapta junto com o mercado. Dependemos do trabalho nosso e de outras pessoas.  Como um pacto social.

Todas as profissões são de extrema importância. O indivíduo ganha dinheiro e presta um serviço para os outros. E assim o mundo vai eternamente girando.

Assim, antes de reclamar do cansaço profissional, pense que estás realizando um serviço que vai te dar uma renda e, além disso, é importante para o funcionamento da sociedade. Ela depende de todas as pessoas e de todos as atividades profissionais. Se todos tivessem preguiça, nada iria acontecer.

Neno

04/02/2018

  º Duas cabeças??? º


Chegando e nos apresentando...

Somos vó e neto ... Ambos gostamos de escrever...

A vó chica, escreve tão somente porque gosta. Já Neno, além de gostar, tem a obrigatoriedade na escola...
Por isso, quanto mais exercitar, melhor é , ainda mais que está numa fase bem importante da vida escolar: iniciando o ensino médio.

Portanto, teremos aqui, textos  variados, com a identidade de cada um. Neno bem sério, focado, estudioso...

A vovó, mais simples, sem tanta profundidade,  escrevendo para acompanhar mais esse projeto.

São duas cabeças e de dentro de cada uma delas, virão nossas inspirações,  ou elas chegarão de fora pra dentro e lá se concretizarão.

Assim, esperamos que gostem e a partir de hoje teremos  nossos textos aqui, sempre que der!

Inté !